Pinscher: Absolutamente tudo sobre a raça desse cachorro

Será que o Pinscher: é o cão certo para você?

Raça Pinscher

 

Extremamente energético, carinhoso, amante de brincadeiras e muita diversão, o pinscher é um cãozinho ideal para quem está pensando em um cachorro para apartamento.

 

Sendo assim, neste artigo você irá conferir tudo o que precisa saber sobre esse cãozinho: seu comportamento, o cuidado com os pelos, sua alimentação e muito mais, além de um panorama com as informações gerais da raça que será apresentado a seguir.

 

Informações da raça Pinscher

 

Família: pinscher/terrier

 

Origem: o pinscher é um cãozinho alemão, o que definitivamente combina com seu comportamento divertido, não é mesmo?

 

Função predominante: caçador. Mesmo consideravelmente pequeno, o Pinscher é um cachorro caçador de pequenos insetos e parasitas no geral.

 

Tamanho médio (machos e fêmeas): o peso varia entre 3 a 5 kg e a altura de 25 a 31 cm.

 

Posicionamento no ranking de inteligência: no ranking que vai de 0 a 100, a inteligência do pinscher fica na 37ª posição.

 

Principais características do Pinscher

 

O Pinscher é um cãozinho pequeno, porém, abastecido até o topo com energia. Ele tem facilidade média para fazer amizade com outros cães e é meio fechado para se relacionar com outros tipos de animais, como gatos de estimação, por exemplo.

 

Adora brincadeiras, é um ótimo cachorro de guarda e é apegado ao dono (porém, sem exageros). Não é um cachorro fácil de ser treinado e também não é muito tolerante ao frio. Os cuidados com higiene também não são muitos, sendo ele uma ótima alternativa para quem não tem muito tempo e dinheiro para gastar.

 

Pinscher – doenças comuns

 

No geral o dono não precisa manter grandes preocupações com o animal, uma vez que ele pega alguma doença esporadicamente.

 

Entre elas estão: doença de legg perthes e a possível luxação de patela, mesmo sendo preocupações leves. A atrofia progressiva da retina também é uma doença que pode atingir essa raça, mesmo que ocasionalmente. A sua expectativa de vida varia entre 12 a 14 anos.

Pinscher – banho e tosa

 

Por ser um cachorrinho bem energético (tanto dentro como fora do apartamento), os banhos devem fazer parte da rotina desse cãozinho. Duas vezes por mês é ideal. Já no que se refere à tosa os cuidados são bem básicos, uma vez que seu pelo é curto e cai muito pouco.

 

Cuidados com os pelos

 

O pinscher tem um pelo bem fácil de manter e, por isso, a recomendação é que seus pelos sejam escovados de vez em quando (a cada duas semanas, por exemplo), unicamente para possibilitar a remoção dos pelos mortos.

 

Filhote – como cuidar

 

Desde pequeno o pinscher exige muita prática de exercícios – até para não se tornar um pequeno obeso. Mas, por ser um cão de pequeno porte, as atividades podem ser realizadas tanto dentro como fora de casa. Levar para uma caminhada diária e realizar outras brincadeiras em casa pode já ser o suficiente!

 

Pinscher – alimentação

 

A alimentação diária recomendada para os cachorros de raça pinscher é de 70g de ração. Elas devem ser distribuídas em 3 ou 4 refeições ao longo do dia.

 

Pinscher filhote: como adestrar

 

Extremamente inteligente e amigo do dono, o pinscher é um cão que responde bem ao adestramento. A principal dica é não mimar, afinal, ele pode acabar se sentindo o dono da casa dessa forma (muito comum nessa raça).

 

Usar tom de voz firme, jamais voltar atrás depois de dar um comando, ser paciente e oferecer recompensas são algumas das melhores dicas para o adestramento do pinscher.

 

Pinscher filhote – preço

 

O valor do pinscher varia entre R$350 a até R$1500. O preço vai depender da linhagem, do tamanho e de outras características do animal.

Comentários

  • Eliane

    Tenho uma pinscher. Adoro❤️

    • Bicho Maps

      Que legal Elaine, adoramos Pinscher também… e todos os outros bichos…rs

    • Rogério

      olá Eliane, estou bastante interessado na raça Pinscher mas o local onde o criarei tem alguns escorpiões vez por outra. Observei em alguns sites que os pinschers são caçadores de insetos por natureza, mas preciso saber se essa raça normalmente sabe reagir bem com escorpiões, se o cão mata o escorpião, se ele acua, se sabe lidar bem com este tipo de inseto. Se puder me ajudar agradeço. Abraço.

      • Eliane

        Olá não sei te falar sobre isso pq aqui não tem escorpião. Acredito que ela deve tentar comer. Não tenho certeza!

  • Leide Rocha

    Tenho uma princesa dessa. Linda e mimada.