O que fazer quando o filhote começa a trocar os dentes?

O QUE FAZER QUANDO O FILHOTE COMEÇA A TROCAR OS DENTES?

Com a chegada de um filhote, a rotina da casa se transforma, sendo uma fase de adaptação para os dois lados. Precisamos ensinar e ele aprender onde fazer as necessidades, onde encontrar comida e água e qual o seu local para dormir. Além disso, chega uma fase um pouco problemática que é quando o filhote começa a trocar os dentes. Embora seja um curso natural para o bichinho, é importante o tutor estar bem preparado, para conduzir essa fase de forma tranquila e mais segura. Afinal de contas, é bem nessa fase que o filhote começa a mastigar tudo o que encontra pela frente. Como lidar com essa fase? É a pergunta que pode estar se fazendo nesse momento. Continue aqui com a gente que nas próximas linhas, vamos abordar o que você precisa saber para lidar de forma tranquila e segura quando o filhote começar a trocar os dentes. Vamos lá?!

QUANDO INICIA A TROCA DOS DENTES E POR QUANTO TEMPO DURA?

Nós humanos caímos nos encantos desse ser peludinho que naturalmente conquista pela sua simplicidade, carinho e jeitinho todo atrapalhado por estar ainda em desenvolvimento. Mas quando o assunto é cuidado, precisamos estar atentos! A fase da troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes, acontece entre o quarto e sexto mês. É importante que o tutor observe qualquer mudança de comportamento nesse período, pois nessa fase o filhote pode ficar mais seletivo com a alimentação ou até mesmo não comer direito pelo desconforto causado pelo crescimento dos dentes permanentes. É normal perceber mau hálito no filhote e até mesmo pequenos sangramentos na gengiva. Os dentes de leite que se soltam, normalmente são engolidos, então não se assuste se não os encontrar pela casa. Está tudo certo!

BRINQUEDOS, MORDEDORES E BRINCADEIRAS

Sabemos que é bem nessa fase que o filhote começa a mastigar tudo que vê pela frente. Quando menos espera, lá está ele com um chinelo pela metade, encontra quinas de mesas e cadeiras mastigadas, além do risco do filhote engasgar ou sofrer intoxicação.

Uma excelente estratégia para evitar que isso aconteça é deixar o ambiente dele o mais lúdico possível com brinquedos e mordedores apropriados ao porte do filhote. Mas não basta deixar tudo espalhado pela casa e esperar que ele sozinho dê conta de entender o que deve mastigar ou não. Brinque com o seu filhote usando somente os brinquedos e evite brincadeiras que possam machucar a gengiva, como cabo de guerra. Se acontecer do filhote pegar algum objeto que não pode mastigar, substitua por outro apropriado, tomando cuidado para não puxar o objeto da boca dele.

Fique sempre atento ao seu filhote e ao perceber que ele está com o comportamento muito diferente do habitual, não demore a leva-lo ao veterinário.

Agora que já sabe como lidar com a fase da troca de dentes, que tal entender sobre a imunização do seu filhote? Confira em nosso artigo Vacinação do seu bicho quando e quais tipos o seu pet precisa para ficar protegido.

Comentários