Emergência com cachorros: 10 itens que não devem faltar no kit de primeiros socorros do seu pet

 Emergência com cachorros 10 itens que não devem faltar no kit de primeiros socorros do seu pet

 

 

Toda família sabe da necessidade de ter um kit de primeiros socorros em mãos, principalmente as que têm crianças pequenas. Numa emergência, como uma queimadura, um corte ou uma torção, o kit é essencial para manter a situação sob controle até que se tome a decisão de ir ao médico ou ao hospital.

Com os nossos pets é a mesma coisa! Em um pequeno acidente, como um machucadinho ou mesmo uma queimadura, ter um kit em mãos ajuda a evitar que a ferida infeccione, e deixa seu animal seguro até chegar ao veterinário.

Mesmo que alguns itens do kit do pet e da sua família sejam semelhantes, é essencial que você organize uma caixa ou maleta especial apenas para o seu pet. Primeiro, porque o kit tradicional para pessoas muitas vezes não contém alguns produtos específicos de uso veterinário. O segundo é porque o seu pet precisa que seus instrumentos e medicamentos sejam de uso exclusivo, a fim de evitar qualquer tipo de contaminação cruzada dele para a sua família, ou da sua família para ele. Por último, o kit de primeiros socorros deve estar bem acessível para que você consiga pegar de uma só vez todos os medicamentos, documentos e itens necessários em uma emergência, tanto em casa quanto em uma viagem.

10 itens que não devem faltar no kit de primeiros socorros do seu pet

10 itens que não devem faltar no kit de primeiros socorros do seu pet

 

O kit de primeiros socorros não precisa ser elaborado, mas possui uma lista de itens obrigatórios. Confira abaixo quais são eles:

  1. Carteira de identificação e vacinação do seu pet

Carteira de identificação e vacinação do seu pet

A carteira de identificação deve conter as informações essenciais do seu pet: nome, raça, idade, código do microchip, nome, contato e endereço dos tutores, alergias e problemas de saúde. A carteira de vacinação deve estar atualizada com as datas das últimas doses tomadas e é importante adicionar um cartão com o contato do veterinário do seu animal e o endereço e telefone de, pelo menos, duas clínicas ou hospitais veterinários que funcionam 24 horas.

2. Gaze estéril

Gaze estéril

É importante que você adicione no kit de primeiros socorros algumas unidades de gaze estéril, utilizada para limpeza de feridas, troca de curativos e aplicação de medicamentos tópicos. A gaze estéril é vedada em pacotinhos de uso único, protegidas do ambiente, e são os produtos mais seguros para serem utilizados em feridas abertas. Caso você abra um pacote e não utilize até o fim, é importante descartar as sobras e não reutilizá-las.

3. Tesoura sem ponta

Tesoura sem ponta

Uma tesoura para abrir caixas de medicamentos e cortar a gaze é item obrigatório do seu kit. Procure por uma tesoura sem pontas, que não apresente riscos nem para o seu pet e nem para quem vai aplicar os primeiros socorros.

4. Termômetro digital

Termômetro digital

Assim como nos kits humanos, o termômetro digital é item essencial do kit do seu animal. É importante lembrar que a temperatura dos animais é medida quase sempre via anal e, por isso, a correta higienização do instrumento, tanto antes quanto após o uso, é prioritária. A temperatura corporal dos bichos também é diferente da dos seres humanos, e costuma ficar entre 38º e 39,2ºC.

5. Produtos antissépticos

Produtos antissépticos

Produtos antissépticos como sprays antibióticos e água oxigenada 10 volumes devem estar presentes no seu kit. Eles serão utilizados para limpar e higienizar uma ferida antes de ser colocado um curativo.

Conheça a Loção Antisséptica Propovets

6. Luvas cirúrgicas

Luvas cirúrgicas

As luvas cirúrgicas devem ser usadas pela pessoa que vai manusear o ferimento do seu animalzinho, principalmente se ele estiver sangrando. Lembre-se de substituir o pacote de luvas logo após sua utilização.

7. Gel cicatrizante

Ideal para pequenos ferimentos, o gel cicatrizante auxilia o fechamento do machucado ou arranhão.

Conheça o Gel Propovets 

8. Soro fisiológico

Soro fisiológico

O soro fisiológico vai ser usado para lavar feridas antes da aplicação de produtos antissépticos ou pomadas.

9. Fita de primeiros socorros

Fita de primeiros socorros

Tanto o micropore quanto o esparadrapo são utilizados para fixar curativos ou bandagens necessárias para imobilização.

10. Medicamentos de uso comum

 

Caso seu bichinho já tenha algum medicamento que costuma usar indicado por seu veterinário, como antialérgicos, remédios para coceira ou para enjoo, é essencial incluir uma caixa extra no kit do seu pet.

Embora seja possível comprar alguns kits de primeiros socorros prontos em pet shops e clínicas veterinárias, o ideal é montar o seu kit de acordo com as necessidades especiais do seu animal.

A temporada de calor ainda não acabou! Confira nosso artigo especial com as dicas de como evitar a hipertermia maligna em cães e gatos.