Como gerar independência financeira com autonomia

Como gerar independência financeira com autonomia

Independência financeira é um sonho em comum a quem tem empreendido no mercado. Quando falamos no setor de pets, existem muitas possibilidades para conquistar tais objetivos.

Afinal de contas, o atendimento em domicílio está em alta e tem sido um diferencial e tanto para gerar vantagens competitivas. E, claro, a fidelizar os clientes e consolidar a sua marca.

Mas, antes de sair à caça do melhor serviço ou produto a oferecer, que tal entender como planejar a sua independência financeira? É o que faremos, ao longo deste post, explorando os caminhos que você pode trilhar para empreender no setor. Confira!

Empreender para gerar independência financeira

Pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) aponta que o índice de empreendedorismo, no Brasil, é o maior dos últimos 14 anos. A média estimada é de que, a cada 10 pessoas, 4 delas estão em busca do negócio próprio.

O próspero cenário mostra, então, que mesmo diante do cenário político e econômico, mais pessoas estão em busca de independência financeira. Investindo alto, mas com segurança em seu negócio próprio.

Sem falar que o empreendedorismo traz, consigo, uma série de vantagens:

Autonomia

Ser o próprio chefe possui diversas qualidades, sendo a autonomia uma das principais. Vamos tomar como exemplo o serviço de passeador profissional: você constrói a sua marca, interage com os clientes e realiza o serviço da maneira que achar mais conveniente.

Isso tudo, claro, de acordo com a demanda do mercado e as necessidades do seu público-alvo. Mas parte de você a construção de um serviço que atenda o setor da melhor maneira.

Flexibilidade de horários

A flexibilidade acompanha a autonomia. Isso significa que você pode fazer os seus horários e equilibrá-los com a sua vida pessoal. Isso serve tanto para o exemplo anterior, do passeador profissional, como para outros serviços no mercado pet.

O atendimento em domicílio é outro caso. Você consegue criar uma rotina que permita a realização do que você quiser fazer, e sem impactar o seu trabalho.

Você pode atender apenas aos finais de semana ou em períodos específicos do dia. Ou se dedicar inteiramente aos horários que os clientes necessitam, algo que ajuda a fidelizá-los.

Realização profissional

É indiscutível, também, que a independência financeira, ao empreender, pode ser feita por meio da realização profissional. Ou seja: fazer aquilo que você realmente gosta.

Empreender no mercado pet, inclusive, pode ser um prato cheio de realizações. Passeadores trabalham ao ar livre, com animais, e com o uniforme que quiserem. Eles não se limitam ao escritório e, tampouco, aos convencionalismos engessados da rotina corporativa.

Para quem está em busca de independência financeira, fazendo o que gosta, o mercado pode trazer isso de muitas maneiras.

Desenvolvimento pessoal

Vale dizer que o empreendedorismo é um enorme desafio, mas gratificante. A isso se deve o fato de que você começa, geralmente, com uma equipe pequena. Às vezes, começa só com você. E isso faz com que você tenha que correr atrás de tudo para desenvolver sua marca.

Consequentemente, você desenvolve qualidades pessoais que talvez sequer sabia que existiam. A resiliência é uma delas; a liderança, outra. Além de outras, como:

  •         Iniciativa;
  •         Persistência;
  •         Comprometimento;
  •         Confiança.

Os riscos existem e, justamente por isso, empreender é uma tarefa capaz de engrandecer a pessoa, independentemente do setor.

Gere independência financeira com um atendimento personalizado

E então, o que achou do percurso para começar a empreender e gerar a tão sonhada independência financeira? Comece o planejamento agora mesmo e descubra como o mercado tem se comportado para você investir definitivamente no mercado pet.

Agora, para complementar as orientações que trouxemos neste artigo, sobre independência financeira, convidamos você a ler o nosso artigo sobre como construir um relacionamento com os seus clientes!

Comentários