Banho terapêutico é tratamento ideal para cães que sofrem com dermatite alérgica

Banho terapêutico é tratamento ideal para cães que sofrem com dermatite alérgica

Muito mais comum no verão, a dermatite alérgica pode aborrecer os donos de cães em qualquer época do ano. Caracterizada por feridas na pele, com muita coceira, dor e incômodo no local, as dermatites desse tipo são, como as alergias em humanos, uma resposta do sistema imunológico do pet a alguma substância específica.

No artigo de hoje vamos explicar como as dermatites alérgicas são desenvolvidas e quais são os melhores tratamentos que o mercado tem hoje à disposição do seu pet. Confira:

O que é a dermatite alérgica em cães

As dermatites alérgicas em cães podem ser causadas por insetos, como pulgas e carrapatos, por parasitas, como fungos ou bactérias, produtos de limpeza utilizados dentro de casa, principalmente em pisos e revestimentos, e até mesmo por alguns tipos tecidos. Assim como nós, os cachorros também podem desenvolver alergias como reação à alguns tipos específicos de plantas, alimentos e até medicamentos.

Os principais sintomas são: coceira, perda de pelos, machucados, inflamações na pele, ardor e incômodo no local. Cães que apresentam uma secreção excessiva nos olhos e inflamações recorrentes no ouvido também podem estar apresentando sinais de dermatite.

Em geral, as dermatites alérgicas em cães são predispostas geneticamente, ou seja, podem ser mais frequentes em umas raças do que em outras. As raças que apresentam maior incidência de dermatite alérgica são as seguintes:

Shitsu;

Lhasa;

Golden Retriever;

Labrador;

Pug;

Boxer;

Dálmata;

Chow-chow;

Pastor Alemão;

Sharpei,

Terriers (West Highland White Terrier, Yorkshire Terrier).

Bulldog Inglês;

Bulldog Francês.

Em geral, as raças mais peludas também são as mais propensas, pois os pelos deixam a pele mais seca e, consequentemente, mais sensível à partícula ou substância que causa alergia no animal.

Além disso, o quadro acomete com mais frequência os cães mais novos do que os mais velhos, principalmente entre o primeiro e o terceiro ano de vida.

Como tratar a dermatite alérgica em cães

Dependendo da causa da dermatite e do grau da alergia, um tratamento tópico com pomadas e antialérgicos de via oral podem ser recomendados pelo seu veterinário de confiança. Também é importante, caso o profissional ache necessário, recolher uma raspagem da pele e dos pelos do local afetado para enviar à um laboratório especializado e confirmar com mais segurança a origem da alergia.

Além das aplicações de pomada e medicamentos, um tratamento que têm apresentado excelentes resultados são os banhos terapêuticos com produtos naturais e fitoterápicos, que acalmam a pele e aliviam a coceira.

Esses banhos são diferentes dos tradicionais de pet shop pois utilizam elementos especiais que higienizam e cicatrizam a pele, acelerando a regeneração dos pelos. Entre as linhas mais indicadas, as formuladas com Própolis Verde são ideias para esses banhos, uma vez que possuem vitaminas, minerais, flavonóides e flavonas em sua composição, que auxiliam o fortalecimento do sistema imunológico do animal.

Além disso, a Própolis Verde mantém a população do ácaro Demodex canis sob controle. Além do shampoo e condicionador, a marca Propovets®  fabrica um gel regenerador e uma loção antisséptica natural. O gel regenerador quando aplicado no machucado, feridas e cortes pós-cirúrgicos, forma em poucos minutos uma película, protegendo a lesão de bactérias oportunistas e impede que a lambedura do animal anule o seu efeito. A loção antisséptica natural é ideal para ser aplicada diretamente sobre as feridas do seu pet para a higienização, e também para fazer a assepsia das patas depois de passear com seu pet na rua.

Como prevenir a dermatite alérgica em cães

Inclua na sua rotina de cuidados uma inspeção cuidadosa da pele e dos pelos do seu animal, principalmente nas patas, nos olhos e nas orelhas. Qualquer sinal de coceira ou perda de pelos indica a necessidade de uma visita ao veterinário para um check up mais completo.

No verão, reforce o método anti pulgas e carrapatos escolhido por você e sua família, pois é a época em que pequenos animais como pulgas e carrapatos se proliferam com mais facilidade. Os carrapatos são ainda mais perigosos, uma vez que determinadas espécies, como o carrapato estrela, podem ser extremamente perigosos para a saúde do seu animal.

Caso o seu pet shop não possua a linha de produtos para o tratamento com Própolis Verde, vale a pena complementar os banhos em pet shops com banhos terapêuticos feitos em casa. Além de proteger o seu pet e deixa-lo mais saudável, o banho ajuda a fortalecer o vínculo entre você e o seu cachorro.

Banho terapêutico é tratamento ideal para cães que sofrem com dermatite alérgicaConheça a linha completa dos produtos Propovets ®  e descubra como tornar a vida do seu melhor amigo ainda mais confortável!