4 cuidados na hora de adotar um gato

4 cuidados na hora de adotar um gato

Um gato é uma das opções preferidas por famílias e pessoas que buscam por um novo pet, mas que precisam de um animal com mais independência do que os cães, por exemplo. No entanto, alguns cuidados na hora de se preparar para receber o seu mais novo mascote em casa são essenciais para garantir seu conforto e segurança. Confira no artigo de hoje quais são eles!

4 cuidados a serem tomados na hora de adotar um gato

1. Segurança

Você já ouviu a expressão “de curioso morreu o gato”? Pois é, gatos são bichos muito curiosos e espertos por natureza, além de caçadores exímios. Isso significa que ele vai testar todos os limites da sua casa, entrando em cômodo por cômodo, passando por cada porta, subindo em cada móvel e olhando por cada janela. E, em uma dessas aventuras, de repente perseguindo um inseto ou mesmo para apreciar a vista, ele pode tentar subir no parapeito da janela e sofrer um acidente bastante sério. Por isso, é imprescindível que todas as janelas do seu apartamento, ou dos andares superiores da casa, sejam cobertas com telas de segurança, parecidas com aquelas de criança.

2. Informe-se sobre o passado do seu gatinho

Gatos que são colocados para adoção costumam ter tido uma história regressa que indica muito qual será o seu comportamento dentro da sua casa. É muito importante, portanto, perguntar para a entidade ou pessoa que está colocando o gatinho para adoção tudo sobre seu passado e onde e como foi adotado. Gatos que sofreram acidentes na rua, como atropelamentos, e foram resgatados, podem ter alguma sequela que precisará de tratamento como fisioterapia e acupunturas. Já felinos que sofreram maus tratos costumam ser bastante ariscos e desconfiados, e precisam de muito amor e carinho para relaxarem e se sentirem em casa. Outros gatos, no entanto, são fujões por natureza e, por isso, não podem ser adotados por quem mora em casa de forma alguma!

3. Compre acessórios e brinquedinhos para seu gato

Gatos são de manutenção simples. Mas é preciso adquirir com antecedência alguns itens básicos que farão parte do enxoval do seu gato. Os itens essenciais são os seguintes:

  • Comedouro;
  • Bebedouro;
  • Caixa de areia;
  • Areia;
  • Arranhador;
  • Caminha;
  • Coleira elástica;
  • Escova de pelos;
  • Caixa transportadora.

4. Marque uma consulta com um veterinário de confiança

Antes mesmo do seu gatinho chegar em casa, agende uma consulta com um veterinário de confiança. A primeira consulta servirá para que o profissional cheque as condições gerais de saúde do bichano, checar vacinas e vermifugação, e colher valiosas informações sobre cuidados básicos e rotina. Além disso, é importante já marcar a data da castração e fazer uma bateria de exames, principalmente para a Felv, conhecida como a AIDS felina, que ataca o sistema imunológico do seu gato.

Gatos são companheiros maravilhosos, e com amor, cuidado e dedicação se tornam animais carinhosos e muito fiéis.

Dando seus primeiros passos no mundo dos gatos? Confira nosso artigo sobre dermatite felina e saiba como identificar os sintomas principais dessa doença.

Comentários